A costura de geração em geração – 7 dicas para manter a tradição da técnica

Técnicas de costura que são passadas de geração em geração

Você pode até não concordar com isso. Porém, saiba que costurar não é uma atividade fácil se você nunca fez isso antes. Mas, para quem já viu alguém fazendo, como a mãe ou a avó, a conversa muda totalmente. Por isso, a costura de geração em geração se tornou uma arte milenar e das mais incríveis.

O que é preciso para costurar?

Antes de tudo, considere que algumas pessoas costuram por que gostam, por prazer, como hobby. Afinal, essa é relaxante e faz bem para quem tem a vida corrida e agitada. Outros levam a sério e fazem disso uma atividade rentável. Isto é, eles notam o mercado de pessoas que buscam por tais serviços.

E tem mais alguns detalhes: antigamente, todas as pessoas do sexo feminino tinham o dever de aprender a costurar, mesmo não gostando muito daquilo. Por isso, há técnicas de costura que existem desde a época de nossos avós ou bisavós até os dias atuais. É isso que tem a ver com a costura de geração em geração. Ela é hereditária.

Essas técnicas ajudam as costureiras do século XXI a executarem a atividade com excelência. Afinal, elas vêm de dicas que acabam se tornando úteis e indispensáveis para quem quer entrar no mundo da costura.

Se você procurar qualquer guia de primeiros passos para costurar, vai ver que é necessário ter muita atenção, coordenação e, principalmente, praticar todos os dias. A justificativa para isso é: para que cada vez o trabalho se torne mais rápido e com melhores resultados. Nós separamos algumas das dicas!

A costura de geração em geração

O fato é que no início tudo vai parecer muito difícil. Isso é verdade e comum de acontecer. Porém, considere que a costura manual só vai ser maçante se você fizer isso contra a sua vontade. E tem mais: com a ajuda da máquina será complicado se você não tiver conhecimento para usá-la.

Porém, praticando todos os dias, pelo menos um pouquinho, o processo se tornará simples e natural, a ponto de que você poderá fazer tudo quase com “olhos fechados”. Além da prática, veja só esses conselhos de avós para uma costura de geração em geração impecável:

  1. Fazer o molde é importantíssimo
  2. Não tenha pressa e alinhave
  3. Compre mais do que a metragem necessária
  4. Pense a planeje antes de cortar o tecido (pelo lado avesso)
  5. A pressa é inimiga da perfeição
  6. Recomece se não deu certo
  7. Mude o foco, dê uma caminhada e só depois retome as atividades

E se você não entendeu alguma dessas dicas, pode ficar tranquilo que nós vamos detalhar ela abaixo. Inclusive, se for sobre termos técnicos, como alinhave. Leia mais.

Entendendo os termos, as técnicas e o que as avós queriam dizer

Aqui seremos um pouco mais detalhistas do que fomos acima, mas não vamos falar tudo de novo, está bem? A ideia é mostrar como a costura de geração em geração pode ser apreendida na prática, com amor e carinho.

Molde – é a partir dele que você terá a visão mais parecida de como irá ficar depois de pronto. Ele vai te ajudar a dar forma à roupa e diminui a margem de erro. C

Alinhavar a peça – garante que, principalmente, o comprimento fique exato. Quem só alfineta, corre o risco de ter que refazê-la novamente, caso fique torta.

Tecido – comprando somente o tamanho exato de tecido, você corre o risco de ter falta em alguns casos, como em falhas ou quando a peça sai maior do que deveria.

Respeite o seu tempo – não pegue um número muito alto de costuras para fazer, se não tiver nenhum ajudante para correr junto com você. Faça apenas o que consegue. Afinal, mais vale uma peça bem feita do que duas ou três mal feitas.

O cliente não aprovou – não tenha medo de desfazer e refazer a peça. Isso mostra interesse e pró-atividade por parte do profissional.

Agora você conhece muito da costura de geração em geração e até mesmo entende os termos técnicos, né? Então, talvez seja a melhor hora de você arregaçar as mangas e fazer acontecer.

Você está pronta para manter a atividade da costura viva?

Para terminar o texto sobre a costura de geração em geração, o que nos importa é notar que qualquer trabalho manual exige atenção e delicadeza. Porém, os melhores resultados vem quando feito com inspiração e cuidado.

Você também pode gostar de ler: Aprenda como costurar a mão com ponto invisível e outras 6 técnicas

Esses são truques fáceis (passados da costura de geração em geração) que, muitas vezes, os costureiros de plantão ignoram. Porém, podem ser de grande valia para melhorar ainda mais o trabalho. E quem tem uma avó costureira sabe muito bem do que estamos falando, não é?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *